Por um comércio mais justo – Entenda o Fair Trade

Olá!

O Comércio Justo – como é conhecido aqui no Brasil – ou Fair Trade surgiu em meados do século XX na Europa e nos Estados Unidos e tem como um de seus objetivos fazer justiça com relação aos preços das matérias-primas que são produzidas pelos países pobres e exportadas para os países do Hemisfério Norte. “O Comércio Justo é uma parceria comercial, baseada em diálogo, transparência e respeito, que busca uma maior equidade nas relações do comércio internacional”, segundo o site da WFTO – World Fair Trade Organization (Organização Mundial de Comércio Justo). Dessa forma, as famílias produtoras adquirem melhores condições de saúde, educação e alimentação, pois recebem uma quantia de dinheiro mais honesta pela mercadoria que vendem.

No Brasil, alguns produtos já estão sendo certificados com o selo de Fair Trade e hoje estão expostos nas prateleiras dos supermercados do exterior.

 

FT

 

Para adquirir este selo, os produtores participantes devem seguir alguns requisitos:

  • estabelecer uma democracia interna na comunidade produtora;
  • haver transparência na hora de estabelecer os preços;
  • não utilizar mão de obra escrava;
  • respeitar o solo, a água e natureza;
  • não utilizar agrotóxicos.

Assim, este tipo de comercialização mais igualitária, se mostra preocupado com o meio ambiente, com a economia e com a diminuição da pobreza. O vídeo abaixo, em inglês, ilustra rapidamente como ele funciona. Acompanhe:

 

“O Comércio Justo é mais do que apenas uma negociação: ele é a prova de que é possível existir mais justiça no comércio mundial. Ele destaca a necessidade de mudanças nas regras e práticas do comércio convencional e mostra como um negócio de sucesso também pode colocar as pessoas em primeiro lugar”. (WFTO)

 
 

Um comércio mais justo a todos e até breve!

pitadela logo